Dicas

publicado 24/03/2020 17h08, última modificação 26/03/2020 15h27

Boletim Minuto da Ética - n.º 22, de maio de 2020

Boletim da Rede de Ética do Poder Executivo Federal. Por conta da necessidade de isolamento social, muitos agentes públicos estão se adaptando ao trabalho remoto. Os novos desafios são grandes, mas, com paciência e persistência desses servidores, e com a determinação e cuidado de quem continua atuando na linha de frente, a Administração Pública continuará servindo ao Estado brasileiro, na construção de uma sociedade mais livre, justa e solidária. E neste momento em que estamos afastados fisicamente, o uso de redes sociais tem sido intenso. Por isso, aproveitamos para falar um pouco sobre o tema. A Constituição Federal garante a liberdade de manifestação de pensamento e de expressão da atividade intelectual e científica (Art. 5º, IV e IX, CF/88). Mas o que isso tem a ver com redes sociais? Em primeiro lugar, é preciso levar em consideração que nossa função pública “se integra na vida particular de cada servidor público” e, por isso, “os fatos e atos verificados na conduta do dia a dia em sua vida privada poderão acrescer ou diminuir o seu bom conceito na vida funcional” (Decreto 1.171/94, Art. VI). O Código de Ética Profissional do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal estabelece que: I - A dignidade, o decoro, o zelo, a eficácia e a consciência dos princípios morais são primados maiores que devem nortear o servidor público, seja no exercício do cargo ou função, ou fora dele, já que refletirá o exercício da vocação do próprio poder estatal. Seus atos, comportamentos e atitudes serão direcionados para a preservação da honra e da tradição dos serviços públicos. Além disso, é vedado ao servidor (XV): b) prejudicar deliberadamente a reputação de outros servidores ou de cidadãos que deles dependam; o) dar o seu concurso a qualquer instituição que atente contra a moral, a honestidade ou a dignidade da pessoa humana; Em outras palavras, as nossas imagens pessoal e profissional estão conectadas: seja no Whatsapp, Facebook, Twitter ou outras, quem vê seu perfil ou posts nas redes sociais está vendo também os comentários, fotos e informações de um agente público. As redes sociais são ferramentas muito úteis e práticas, mas devemos usá-las com cuidado. Se tiver dúvida sobre alguma conduta, virtual ou real, procure a Comissão de Ética!

publicado 28/05/2020 10h24 Arquivo

Fique por dentro dos cuidados com a higiene em casa

O departamento de Enfermagem da UFVJM torna disponível para impressão, de forma gratuita, uma cartilha com orientações sobre os cuidados com a higiene em casa para a prevenção da disseminação do novo coronavírus (SARS-CoV-2), que provoca a Covid-19. A cartilha, produzida em formato de folder, é um documento pronto para impressão que pode ser utilizado por diferentes serviços de saúde na propagação da informação correta e simples, principalmente entre os casos suspeitos ou confirmados da doença.

publicado 17/04/2020 09h51 Arquivo

Orientações de como fazer a correta limpeza e desinfecção na sua casa e evitar o coronavírus (Covid-19)

Cartilha produzida pela Pró-Reitoria de Assuntos Comunitários e Estudantis (Proace/UFVJM) orienta como fazer a correta limpeza e desinfecção na sua casa - Limpeza da casa: 1. Piso: dilua 1 copo médio (200ml) de água sanitária em 3 litros de água. Umedeça um pano na solução e passe em média 3 vezes ao dia; 2. Superfícies: dilua 1 copo médio (200ml) de água sanitária em 2 litros de água e coloque em uma garrafa pet. Umedeça um pano na solução e limpe móveis, maçanetas, corrimãos e outros locais ou objetos que sejam muito tocados; 3. Desinfetantes e detergentes também podem ser usados para descontaminação dos ambientes. - Limpeza das mãos: 1. Lave sempre com água e sabão. Essa medida é suficiente para fazer a assepsia. Use o álcool em gel 70% quando não tiver à disposição a água e o sabão. O álcool que mata o coronavírus é o 70%. O absoluto ou o 96% e o líquido (56%) não o matam. Não faça receitas caseiras de álcool em gel pois algumas substâncias utilizadas podem favorecer a proliferação dos microrganismos ao invés de matá-los. - Limpeza de alimentos e objetos: 1. Alimentos: dilua 1 colher de sopa de água sanitária em 2 litros de água. Lave frutas, verduras e legumes e deixe de molho por uma hora nessa solução. Enxague antes de guardar; 2. Objetos: coloque em um borrifador a solução usada para limpar superfícies. Umedeça um pano com ela e passem em tudo que vier da rua; 3. Dinheiro: lave as mãos com água e sabão toda vez que manuseá-lo. Deixe os valores que já estão previstos para serem utilizados embalados, para evitar ficar pegando em notas e moedas. - Limpeza ao chegar em casa: Fique me casa. Se precisar sair, tome estes cuidados ao voltar: 1. Tome banho e lave o cabelo; 2. Roupas: lave com água e sabão. Se não for possível lavar imediatamente, deixe-as penduradas por 12 horas, sem contato com outros objetos, em local que bata sol; 3. Calçados: umedeça um pano com a solução usada para limpar superfícies de deixe na entrada da casa. Limpe os calçados, principalmente a sola, e não entre com ele.

publicado 06/04/2020 13h05 Imagem

Recomendações de como deve ser feito o isolamento domiciliar e demais cuidados

Se você estiver com sintomas de gripe ou com confirmação de coronavírus, veja como fazer o isolamento em casa e proteger as outras pessoas: 1. Fique sozinho em um cômodo; 2. Use máscara o tempo todo, cobrindo boca e nariz; 3. Se for ter contato com alguém, mantenha distância mínima de 1 metro; 4. Não compartilhe objetos como pratos, colheres, garfos, copos e toalhas; 5. Lave sempre as mãos com água e sabão; 6. Abra as janelas do quarto onde você estiver; 7. Limpe maçanetas, pia e vaso sanitário com álcool 70 ou água sanitária após o uso; 8. Não compartilhe sofás e cadeiras. - Algumas medidas para se tomar em casa: 1. O lixo produzido pelo paciente deve ser separado dos demais; 2. Se a casa tiver só um quarto, o paciente precisa dormir afastado das outras pessoas; 3. Se uma pessoa apresentar sintomas, todos devem ficar isolados em casa por 14 dias; 4. Limpe sempre os objetos e móveis da casa com álcool 70 ou água sanitária. Núcleo de Pesquisa, Estudos e Extensão em Saúde Coletiva – NUPEESC/UFVJM

publicado 30/03/2020 21h24 Imagem

Orientações sobre o que fazer em caso de sintomas e os endereços das unidade de saúde em Diamantina

Está com sintomas de gripe? Tosse, dor de cabeça, dor no corpo, dor de garganta e/ou febre? Fique em casa! Isole-se. Não fique perto de outras pessoas! O coronavírus é invisível e pode ser transmitido para quem está próximo! - Está com dificuldade para respirar ou apresenta outros sintomas? Ligue para a Unidade de Saúde mais próxima da sua casa ou para o Disque Saúde 136 e peça orientações! - Contatos das unidades de Saúde em Diamantina/MG: Estratégia Saúde da Família (ESP) - Diamante e Vida - Vila Operária -3531-7773 - Rua do Progresso, 63; Estratégia Saúde da Família (ESP) Viver Melhor - Bairro Presidente 3531-1179 Rua Aristides Rabelo, 180; Estratégia Saúde da Família Cazuza 3531-4188 Rua José Analberto, 610; Estratégia Saúde da Família (ESP) Encontro com a Saúde - Arraial dos Forros 3531-6754 Rua Professor João Evaristo, 232; Estratégia Saúde da Família (ESP) Bela Vista - Bela Vista 3531-9270 Rua Esmeralda, 253; Estratégia Saúde da Família (ESP) Centro 3531-1509 Rua do Rosário, 85; Estratégia Saúde da Família (ESP) Saúde e Vida - Bom Jesus 3531-9513 Rua Elvira Ramos Couto, 482; Estratégia Saúde da Família (ESP) SBM1 - Equipe Sempre Viva - Palha 3531-9629 Rua Família Seca, 1147; Estratégia Saúde da Família (ESP) Gruta de Lourdes 3532-9442 Rua N. Senhora de Lourdes, 3701; Estratégia Saúde da Família (ESP) Renascer - Rio Grande 3531-9522 Rua Herculano Pena, 344; Estratégia Saúde da Família (ESP) Policlínica Municipal de Saúde - Jardim Imperial 3531-9498 Avenida do Contorno, 60. Núcleo de Pesquisa, Estudos e Extensão em Saúde Coletiva – NUPEESC/UFVJM

publicado 30/03/2020 21h50 Imagem

Recomendações da OMS para enfrentamento do coronavírus (Covid-19)

1. Não banalizar os riscos, nem amplificá-los. Procurar informações atualizadas apenas uma ou duas vezes ao dia, evitando o excesso de informações. Consultar o site da Organização Mundial da Saúde e procurar informações das autoridades locais, para diferenciar notícias reais e fake news; 2. Manter uma dieta balanceada, praticar exercícios físicos simples em casa diariamente, manter o sono regular e praticar o autocuidado; 3. Manter a rede de amigos e familiares, via e-mail, redes sociais, telefone, videoconferência etc; 4. Manter uma rotina, com tarefas regulares. Fazer o que você gosta e criar novas atividades: desenho, escrita, meditação etc; 5. Observar seus sentimentos. Evitar o uso de tabaco, álcool e outras drogas como forma de lidar com o estresse. Se sentir medo, tentar perceber a origem e o motivo desse medo; 6. Ajudar as crianças a expressarem seus medos e ansiedades, por meio de jogos e desenhos, por exemplo. Conversar com elas sobre o Covid-19 de maneira honesta e apropriada à sua idade; 6.Seguindo as recomendações das autoridades sanitárias, atrasamos a propagação do vírus e evitamos um pico de contágio que o sistema de saúde não tenha condições de atender. Serviços de Psicologia - Proace

publicado 30/03/2020 21h53 Imagem