Notícias

UFVJM lança Campanha de Desfazimento de Bens Inservíveis

publicado: 11/03/2020 10h26, última modificação: 11/03/2020 10h31
Universidade terá 24 dias para realizar o recolhimento de itens inservíveis à instituição

Logotipo composto por um fundo azul claro em que ao centro do lado esquerdo temos uma cadeira de escritório com o encosto em processo de desintegração desenhado em um tom de azul verde-água, tom este um pouco mais escuro que o utilizado no fundo e à sua direita temos a frase “Campanha de Desfazimento” no mesmo tom azul da cadeira em que as palavras “Campanha de” encontra-se na vertical e

A UFVJM inicia hoje (11/3) uma campanha pelo desfazimento de todos os itens que não são mais úteis para a instituição. O desfazimento está previsto no Decreto 9.373, de 11 de maio de 2018, que tem como objetivo dar uma adequada destinação aos itens inservíveis existentes na instituição, respeitando várias normas pertinentes, como a Política Nacional de Resíduos Sólidos, entre outras.

A Campanha de Desfazimento de Bens Inservíveis está sendo conduzida pela Diretoria de Patrimônio e Materiais da Pró-Reitoria de Administração (Proad) da UFVJM. A proposta da campanha é recolher bens móveis antieconômicos e irrecuperáveis, de toda natureza, sejam mobiliários, equipamentos em geral, incluindo equipamentos de tecnologia da informação e comunicação, equipamentos de laboratórios, ou seja, todos os bens da instituição classificados como antieconômicos e irrecuperáveis.

De acordo com o diretor de Patrimônio e Materiais, Gildásio Antônio Fernandes, a estrutura da UFVJM é composta por aproximadamente 165,7 mil bens permanentes móveis cadastrados. “É possível verificar nas visitas às dependências da universidade que há um volume significativo de bens bastante deteriorados e de recuperação inviável. Portanto, não se justifica a manutenção desses itens em nossas instalações, ocupando espaços que poderiam ser mais bem aproveitados pela comunidade acadêmica, além de estarem gerando custos de gestão”, explica o diretor.

Outro ponto importante a ser considerando nesse processo pelo diretor é que um determinado item pode não ser útil para a UFVJM, mas poderá atender outros órgãos, como é o caso dos equipamentos de TI, que são utilizados em projetos de inclusão digital.

A Campanha de Desfazimento ficará em vigência até o próximo dia 3 de abril, data limite para que a UFVJM atinja sua expectativa de recolher aproximadamente 5.000 itens. “Esperamos o envolvimento de toda a comunidade acadêmica e acreditamos que esses números possam ser superados. Estamos preparados para o atendimento dessa demanda estimada e, conforme disposto no decreto, será dado o encaminhamento por ele previsto, seguindo as recomendações dos pareceres que serão elaborados pelas comissões de desfazimento já constituídas”, conclui Gildásio. 

Para conferir os materiais que podem ser recolhidos e como solicitar seu o recolhimento, acesse a página da campanha neste link.