Notícias

Reitoria Informa

Reitor e prefeito de Curvelo reúnem-se na Fazenda do Moura com perspectivas de projetos de pesquisa e desenvolvimento

publicado: 19/02/2021 19h40, última modificação: 19/02/2021 21h30
Também presente na reunião, coordenador do Projeto Rural Sustentável apresentou edital com recursos do Fundo Internacional para o Clima

No último dia 17 de fevereiro, foi realizado importante encontro na Fazenda Experimental do Moura, em Curvelo, com a presença de representantes da UFVJM e da Prefeitura Municipal. Da universidade, estiveram o reitor Janir Alves Soares; pró-reitor adjunto de Administração, Gildásio Fernandes; chefe da Divisão de Fazendas, Josimar Rodrigues Oliveira; professores da Faculdade de Ciências Agrárias Daniel Ferreira da Silva e Severino Delmar Junqueira Villela; e o servidor Gilmar Fernandes da Fonseca. O prefeito de Curvelo, Luiz Paulo Glória Guimarães, estava acompanhado dos gestores da Emater-MG Marco Aurélio Simões Pimenta, Paulo de Tarso e Dario M. de Miranda Maia; representante da Assessoria de Assuntos Estratégicos Leonardo Carvalhar; representante da Gerência de Comunicação Fernando Angelo Bacelar; e do curvelano e professor aposentado da UnB, Paulo Augusto Correa da Silva.

  Visita de representantes da UFVJM e da Prefeitura de Curvelo à Fazenda Experimental do Moura02 Visita de representantes da UFVJM e da Prefeitura de Curvelo à Fazenda Experimental do Moura01 Visita de representantes da UFVJM e da Prefeitura de Curvelo à Fazenda Experimental do Moura03

Visita de representantes da UFVJM e da Prefeitura de Curvelo à Fazenda Experimental do Moura 
(Fotos: Gerência de Comunicação da Prefeitura Municipal de Curvelo)

Durante o encontro, o coordenador estadual do Projeto Rural Sustentável - Cerrado, Libério Junio da Silva, e a monitora de campo da Microrregião 1 de Minas Gerais, Márcia Cristina Ribeiro Oliveira, apresentaram a todos os presentes a diretriz do Edital de Pesquisa & Desenvolvimento destinado a pesquisadores que trabalham com sistemas sustentáveis de produção agropecuária no bioma Cerrado. O edital representa um incentivo a projetos de pesquisa inovadores, especialmente em relação à agricultura de baixo carbono, inovações tecnológicas e de mercado no bioma Cerrado.

Segundo Márcia Oliveira, os estudos devem ter duração de 24 meses e apoio financeiro de até R$ 250 mil por projeto aprovado, totalizando R$ 2 milhões. Já o coordenador estadual do projeto, Libério da Silva, explica que "este projeto tem financiamento do Fundo Internacional para o Clima do Governo do Reino Unido, regido pela cooperação técnica do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), tem o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) como beneficiário institucional e o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento e Sustentabilidade (IABS) como responsável pela execução e administração”.

Para o professor Severino Villela, o tema mantém forte afinidade com os propósitos da Fazenda Experimental do Moura e, segundo o professor Daniel Silva, contempla ações de extensão junto aos pequenos e médios produtores. Nesse sentido, a reitoria incentivou os docentes a inscreverem seus projetos no edital, que já foi disponibilizado no e-mail geral da UFVJM, nos dias 22 de janeiro e 17 de fevereiro.

O reitor Janir Soares ficou muito satisfeito com as expectativas desses projetos para Curvelo e região, pois contemplam tecnologia e preservação ambiental, que são práticas essenciais nas políticas de desenvolvimento com sustentabilidade. De sua parte, o prefeito Luiz Paulo comprometeu-se a prover as necessárias contrapartidas para fortalecer essa parceria com a UFVJM, devido à identidade de Curvelo e região com políticas de desenvolvimento, principalmente na área do agronegócio.