Notícias

Pró-Reitorias de Administração e Planejamento e Orçamento elaboram Prateleira de Projetos da UFVJM

publicado: 20/04/2021 18h42, última modificação: 20/04/2021 20h56
Ação objetiva atualizar a situação de diversos projetos da universidade para fins de planejamento e execução, mediante disponibilidade de orçamento

A equipe da Diretoria de Infraestrutura (Dinfra) da Pró-Reitoria de Administração (Proad) está trabalhando, desde 2020, na atualização de diversos projetos de obras da universidade, em uma ação que recebeu o nome de Prateleira de Projetos da UFVJM. À época, a pró-reitora de Administração, Flaviana Dornela Verli, estabeleceu os objetivos dessa ação e um plano de metas. O principal objetivo consiste em obter informações detalhadas de obras que foram interrompidas, cujos projetos estão desatualizados ou até mesmo incompatíveis com a realidade atual, pois existem obras que estão paralisadas há mais de 10 anos, bem como de propostas que ainda não geraram projetos.

“A partir disso, iniciou-se a catalogação das informações, ou seja, estamos construindo um banco de dados atualizados, fundamental para a elaboração dos projetos. Será definida uma escala de prioridades das obras, as quais serão executadas em função da disponibilidade orçamentária da universidade. A partir de então, a Pró-Reitoria de Planejamento e Orçamento (Proplan) preverá recursos do orçamento para tais serviços”, relata o pró-reitor Antônio Carlos Zappalá.

De acordo com o reitor da UFVJM, professor Janir Alves Soares, será determinado um rito na elaboração da prateleira de projetos da UFVJM:

I - Todos os projetos de obras serão unificados no Sistema Eletrônico de Informação (SEI), pois existem várias obras multiplicadas no sistema;

II - Os diretores das unidades acadêmicas e os docentes que fizeram requisições serão chamados para discutir a pertinência da continuidade da obra e os seus benefícios para a instituição;

III - Finalmente serão elaboradas as respectivas planilhas de custos.

Sobre essa importante iniciativa da Proad e da Proplan, destaca-se a sua valiosa contribuição para o Plano Estratégico Institucional (PEI) e Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI - 2022-2026), pois, a partir dos dados levantados, definem-se com clareza e assertividade os futuros investimentos. Dessa forma, doravante, a Proplan e a Proad trabalharão essa matéria de forma conjunta. Objetivando a prática da governança pública, essas obras, bem como as anteriores, serão publicizadas à comunidade acadêmica para fins de conhecimento. As obras executadas e algumas obras abandonadas (paralisadas) constam no arquivo SIMEC.

“Devido a nossa reduzida equipe de servidores na Diretoria de Infraestrutura (Dinfra), a Proad efetuou a contratação dos estagiários André Gonçalves da Silva, Caliny Basílio de Oliveira​, Daniela Rocha Cordeiro, Josimar Dantas Botelho, Karolayne Conçalves Cota, Kimberly Moreira de Souza e Rhamon Couto de Souza para auxiliar nos trabalhos”, comenta o professor Alcino de Oliveira Costa Neto, atual pró-reitor de Administração. Os estagiários são alunos dos cursos Ciência e Tecnologia e Sistemas de Informação (Campus JK) e Engenharia Civil, Engenharia de Produção e Engenharia Hídrica (Campus do Mucuri) da UFVJM.

No momento, esse grupo de estagiários está realizando o mapeamento de todas as construções existentes nos cinco campi da UFVJM, um estudo inédito, que subsidiará a contratação dos próximos serviços de manutenção, uma prática até então realizada de forma empírica, bem como auxiliará na definição de políticas de uso e alocação dos setores de trabalho.

Nesse sentido, para melhor organização, a Prateleira de Projetos da UFVJM foi dividida em cinco etapas:

• Etapa 1 - Levantamento das áreas das edificações da UFVJM;
• Etapa 2 - Projetos de regularização;
• Etapa 3 - Projetos de atualização de obras não finalizadas;
• Etapa 4 - Elaboração de projetos de reforma e/ou novas edificações;
• Etapa 5 - Projetos/ Licitações diversos.

Conheça, nesta publicação, as ações da primeira etapa da Prateleira de Projetos da UFVJM:

Etapa 1 - Levantamento das áreas das edificações da UFVJM

De acordo com a equipe da Proad, foram feitas medições em aproximadamente 80 edificações, com visitas aos seguintes locais: todas as edificações do Campus JK, Campus I, Moradia Estudantil e Núcleo de Estudos Avançados em Turismo, em Diamantina; Fazenda Experimental do Moura, em Curvelo; Fazenda Experimental de Couto de Magalhães e Casa de Apoio, em Couto de Magalhães de Minas.

As atividades de levantamento das áreas das edificações da UFVJM tiveram início no dia 6 de outubro de 2020 e foram realizadas por estagiários, sob a coordenação e supervisão dos engenheiros da Dinfra. “Contamos com o envolvimento de dois estagiários pertencentes ao quadro da Dinfra/Proad e, devido ao volume de trabalho, vieram a Diamantina prestar apoio mais quatro estagiários da Diretoria de Administração e Planejamento (DAP), do Campus do Mucuri, em Teófilo Otoni, e um fez o trabalho de forma remota”, detalha o pró-reitor Alcino.

 Equipe do projeto Prateleira de Projetos da UFVJM

Reitor Janir Alves Soares (ao centro); pró-reitores de Planejamento e Orçamento e de Administração, Antônio Zappalá e Alcino Neto (à esquerda); diretor de Infraestrutura, Anderson Matos, e engenheira Jeniffer de Oliveira Freitas (Proad) receberam os estagiários para desenvolver atividades de levantamento das áreas das edificações da UFVJM (Crédito da foto: Reitoria/UFVJM)

O professor Alcino explica também que, em um segundo momento, a meta é que os estagiários desempenhem a atividade de representação gráfica das edificações que não possuem projeto arquitetônico e ainda elaborem os projetos as built das edificações, contemplando todas as mudanças efetivadas durante o seu uso. 

Na próxima publicação, acompanhe as ações da segunda e terceira etapa da Prateleira de Projetos da UFVJM.

error while rendering plone.belowcontenttitle.contents