Notícias

UFVJM inicia participação no projeto CUME

publicado: 16/04/2020 11h00, última modificação: 16/04/2020 11h25
Projeto visa avaliar o impacto do padrão alimentar brasileiro no desenvolvimento de doenças crônicas

A Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), através do programa de pós-graduação em Ciências da Nutrição, está iniciando esta semana, sua participação no projeto Coorte das Universidades Mineiras (CUME), que visa conhecer e acompanhar as condições de alimentação e saúde dos estudantes egressos de universidades mineiras. O CUME conta com a participação de sete universidades federais, sendo: UFVJM, UFV, UFMG, UFOP, UFLA, UFJF e UNIFAL, e a UFVJM está realizando, pela primeira vez, o envio dos convites aos seus egressos de graduação e pós-graduação para participarem da pesquisa.

De acordo com a professora Elizabethe Adriana Esteves, integrante do programa de pós-graduação em Ciências da Nutrição, os dados são obtidos por meio de questionários, em ambiente virtual. “Nos próximos dias, os egressos da UFVJM receberão correspondência eletrônica convidando-os para participar do projeto. No entanto, não é necessário aguardar o convite. Para participar, basta acessar: http://www.projetocume.com.br/ e responder o questionário inicial (Q_0; linha de base). Esse procedimento também será empregado para os demais questionários de seguimento”, explica a professora.

Para mais informações, os egressos podem entrar no sítio do CUME, onde há mais detalhes sobre o projeto e sua execução, as equipes e as instituições envolvidas. Na UFVJM, o projeto CUME será conduzido pelos professores do programa, Luciana Neri Nobre (coordenadora local), Cíntia Lacerda Ramos, Édson da Silva; Elizabethe Adriana Esteves e Paulo de Sousa Costa Sobrinho.

Acompanhe o CUME nas redes sociais: Facebook: www.facebook.com/projetocume, Instagram: @projeto_cume e Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=cqhbOef2zkY&amp=. Ou ainda, pelo endereço de e-mail: projetocume@gmail.com.

Projeto CUME

O projeto “Coorte de Universidades MinEiras (CUME)” surgiu em decorrência da carência de estudos longitudinais no Brasil que avaliassem o impacto do padrão alimentar brasileiro, de grupos de alimentos e fatores dietéticos específicos no desenvolvimento de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT). É o objetivo é contribuir para o preenchimento nesta lacuna do conhecimento científico.

O projeto tem como estratégia principal a aquisição de informações sobre alimentação e saúde de egressos de universidades mineiras, por meio da aplicação de questionários autorrespondidos em ambiente virtual, a cada dois anos.

Os participantes do projeto CUME são egressos da Universidade Federal dos Vales de Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM), Universidade Federal de Viçosa (UFV), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), Universidade Federal de Lavras (UFLA), Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL).